Tour do whisky escocês: conheça a destilaria Singleton of Glen Ord

| Curiosidades | Ideias | Whisky
O whisky escocês é um dos mais tradicionais do mundo, conquistando paladares em diversos países. Essa tradição vem das destilarias que estão no país há séculos, como é o caso de Singleton of Glen Ord - uma das mais antigas da Escócia. 

A destilaria Glen Ord foi fundada por Thomas Mackenzie no século 19 em Black Isle, uma península ao norte da cidade de Inverness, mais especificamente em um pedaço de terra que estava na posse do Clã Mackenzie há cerca de 700 anos. A região em que a destilaria está localizada é conhecida pelo solo fértil, onde é cultivada a cevada utilizada para produzir o malte do whisky.

Um dos diferenciais de Glen Ord é a fermentação longa (cerca de 75 horas) combinada com uma lenta destilação em seus alambiques. O primeiro processo torna o whisky mais complexo - a fermentação longa produz congêneres que trazem complexidade - enquanto que a segunda o torna mais suave. Além disso, a cevada possui um nível baixo de turfa, o que o deixa levemente defumado.

Linha do tempo



A destilaria Glen Ord nasceu no século 19 e até hoje marca presença na história do whisky escocês. Durante esse longo período de existência, passou por diferentes fases e viveu grandes marcos. Saiba os principais pontos da sua história:

Fundação 

Em 1838, Thomas Mackenzie construiu a destilaria em Black Isle, uma região perfeita para o cultivo de cevada. Após a construção, Mackenzie a licenciou para D. McLennan e Robert Johnston., da Ord Distillery Co., que começaram sua operação.

Novos donos 

Em 1847, Johnston encontrou-se falido e passou a destilaria para Alexander McLennan, da família do sócio D. McLennan. Alexander McLenna morreu em 1870, e a viúva de McLennan assumiu a destilaria.

Volta ao Clã Mackenzie 

A Sra. McLellan se casou com Alexander Mackenzie em 1877, levando a destilaria de volta ao clã Mackenzie. Nesse momento, o whisky produzido na destilaria Glen Ord ultrapassou as fronteiras da Escócia e passou a ser comercializado em colônias como Cingapura e África do Sul.

Novos donos e guerras no caminho

A destilaria foi vendida para James Watson & Son depois que Alexander Mckenzie morreu, em 1896. Passados alguns anos, com a chegada da 1ª Guerra Mundial, em 1917, a produção foi interrompida O mesmo aconteceu em 1939, na 2ª Guerra Mundial.

Número de alambiques cresce 

Em 1966, o número de alambiques da destilaria cresceu e passou de dois para seis, o que aumentou a produção da bebida.

Singleton of Glen Ord hoje

Com o tempo, Singleton of Glen Ord se consolidou e, hoje, é uma das cinco maiores produtoras de single malt da Escócia, produzindo onze mil litros de bebida todos os anos. Atualmente, está sob o comando da Diageo e carrega séculos de história em seu nome. 

Além disso, a Glen Ord hoje produz e fornece malte para outras destilarias do grupo, funcionando também como um malting floor e importante produtor de matéria prima.

Sobre a Diageo

A DIAGEO é líder mundial na produção de bebidas alcoólicas premium, com uma coleção de marcas nas categorias de bebidas destiladas e cervejas. Essas marcas incluem SMIRNOFF, JOHNNIE WALKER, GUINNESS, BAILEYS, OLD PARR, CÎROC, TANQUERAY, entre outras, e as nacionais YPIÓCA e NÊGA FULÔ. A DIAGEO é uma empresa multinacional que opera em 180 países. As ações da companhia são negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque (DEO) e na Bolsa de Valores de Londres (DGE). Para mais informações sobre a DIAGEO, seus funcionários, suas marcas e seu desempenho, visite www.DIAGEO.com. Celebre com responsabilidade e saiba mais sobre consumo responsável de bebidas alcoólicas em www.DrinkiQ.com.br.
  • Aprecie com moderação.
  • Se beber não dirija.
  • Não compartilhe este conteúdo com menores de 18 anos.